terça-feira, 3 de julho de 2012

O que é a vida?



Muitos de nós, pouco refletimos sobre a vida, o que ela significa? O que fazer com ela? Como ela deve ser aproveitada? Alguém certa vez disse: “as perguntas certas nos faz chegar mais rápido a respostas corretas” Como temos buscado respostas para nossa vida?
Muitos acham que pensar nisso é irrelevante e até insignificante, até que se encontram confrontados pelo frio da morte. E é quase impossível falarmos da vida sem vincula-la a morte. É nesse momento que repensamos toda a nossa vida como nunca antes pensada. É nesse momento que queremos saber se o que vivemos valeu a pena e com a resposta morrer em placidez ao invés de morrer em desespero.
No mundo materialista em que vivemos, vemos constantemente as pessoas buscando algo para sua vida somente aqui. Essas pessoas estão tão apegadas aos bens materiais, aos prazeres mundanos e os deleites dessa vida, que não conseguem enxergar uma vida mais nobre do que essa que desejam viver. Acredito que as palavras do Mestre e Senhor Jesus Cristo, serve para orientação dessas pessoas, Ele disse: Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam;
Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam.
Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.

A vida não se resume em usufruir tudo aquilo que agente acha que é bom – A vida é uma dadiva – é algo que deve ser pensado como um propósito.  Portanto, é necessário fazer a seguinte pergunta: Qual o propósito da vida? Esta questão fervilhava nas mentes mais incríveis da pré-modernidade e modernidade, mas com o passar do tempo, a pós-modernidade não parece mais se preocupar com isso, a maioria acham que a vida é algo fútil, e que depois disso nada mais existe. Para esses a vida só tem um certo propósito aqui, não há implicações futuras depois da morte para o que fazemos aqui com ela. Por isso, eles vivem como se não tivessem de prestar conta dessa dadiva divina. Mas quanta negligencia! Eles estão vivendo como o homem da parábola proposta por Jesus em Lucas 12:15-23 -  “E disse-lhes (Jesus): Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.
E propôs-lhe uma parábola, dizendo: A herdade de um homem rico tinha produzido com abundância;
E ele arrazoava consigo mesmo, dizendo: Que farei? Não tenho onde recolher os meus frutos.
E disse: Farei isto: Derrubarei os meus celeiros, e edificarei outros maiores, e ali recolherei todas as minhas novidades e os meus bens;
E direi a minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e folga.
Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?
Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus.
E disse aos seus discípulos: Portanto vos digo: Não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis.
Mais é a vida do que o sustento, e o corpo mais do que as vestes.”

Jesus chama de loucos aquele que se preocupam com a vida somente com as coisas daqui da terra, as coisas materiais. Mas inversamente os loucos são considerados aqueles que pensam na vida como algo que deve ser cuidada, para uma vida mais excelente.
Logo vem a pergunta: Mas que vida mais excelente é essa? E respondo sem nenhum receio dos materialistas racionalistas, que essa vida, é a vida eterna.
E talvez alguém pergunte: E como é possível receber essa vida? E respondo que é preciso crer na fonte da vida, Jesus! (1 João 5:11).
Precisa está disposto a renunciar a compreensão mundana de viver a vida. Quem ama a sua vida perdê-la-á, e quem neste mundo odeia a sua vida, guardá-la-á para a vida eterna.
João 12:25”.
Há duas frases reflexivas muito interessantes.
Vejam:
“Você não escolhe vim ao mundo, mas pode escolher como viverá”.
“Você pode até viver sem Jesus, mas será terrível morrer sem Ele”.

Mas o que é a vida? Em resumo digo o que é a vida: “A vida é uma dadiva que foi nos dado com um propósito de adorarmos aquEle que é o Autor dela. Para que assim possamos usufruir plenamente da vida excelente que o Autor da nossa vida tem para nós.”

Viva a vida de maneira correta, para quando morrer não venha se arrepender de como poderia ter vivido.

Jean Patrik
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Esse Blog apóia Samuel Câmara

Esse Blog apóia Samuel Câmara
CGADB PARA TODOS