sábado, 31 de outubro de 2009

ECUMENISMO

O Ecumenismo na atualidade é sem dúvida um dos mais propagados movimentos da atual fase da igreja. E muitos não estão por dentro do que está acontecendo, e do terrível lobo que está debaixo da pele desse "cordeiro".
A palavra ecumenismo é de origem grega (oikoumene) e significa a terra habitada. Com esse significado, a referida palavra aparece no Novo Testamento, em texto como: (Mt. 24.14) “E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo (oikoumene), para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim.”

Com esse intuito o ecumenismo chega com o propósito de unificar todas as igrejas distintas, como: as igrejas Católica-romana, as igrejas Católica-ortodoxa e os Protestantes. Isso através do Conselho Mundial de Igrejas (CMI), criado no ano de 1938 por algumas igrejas protestantes com objetivo de tornar sob a uma mesma bandeira todos os segmentos do Protestantismo.

Depois de muitos anos de relutância contra o ecumenismo algumas igrejas ortodoxas na EUA tornaram-se membros do (CMI), enquanto que a igreja Católica vem mostrando um profundo interesse pelo (CMI).

Por todo mundo onde o Conselho Mundial de Igrejas tem as suas filiais, os católicos-romanos  e protestantes estão se aproximando cada vez mais, unindo-se em muitos projetos e atividades eclesiásticos.

Hoje é muito comum ouvir-se acerca de cultos e de outros eventos religiosos, celebrados por sacerdotes católicos e concelebrados por pastores protestantes, ou vice-versa, como casamentos e formaturas.

Aqui no Brasil, o Ecumenismo já conta com as Igrejas Luterana, Episcopal do Brasil, Cristão Reformada e a Católica Romana ou Carismática, isso através do Conselho Nacional de Igrejas.


Veja o que o reverendo Alexander Davi, da Igreja reformada, e professor do Seminário Teológico da Fé, de Gujranwala, Paquistão, ele que abandonou o (CMI), e justificou a sua ação como as seguintes palavras:

O Conselho Mundial de Igrejas está nos levando para a Igreja Católica 
Romana. O seu programa expresso é conseguir a união de todas as denominações protestantes em primeiro lugar; depois a união com a Igreja
Ortodoxa Grega, e, finalmente, com a Igreja Católica Romana.

"Essa união com a Igreja Católica Romana será uma grande tragédia para a Igreja Protestante, porque, em consequência, destruirá o testemunho do protestantismo. A Igreja Católica Romana não modificou sua doutrina desde os dias da Reforma do século XVII, pelo contrário, tem acrescentado muitas tradições e superstições ao seu credo. Portanto, no caso de uma união, a Igreja Protestante será, em última instância, absorvida em uma Católica monolítica". O Presbiteriano Bíblico São Paulo, Dezembro/1970; citado pelo jornalista Abraão de Almeida, no seu livro Babilônia, Ontem e Hoje.


A posição evangélica 

  1. A unidade sobre a qual Cristo falou em João 17.19-23 tem Cristo e não qualquer outra pessoa ou organização como centro de convergência;

2. Insistimos na absoluta necessidade do homem nascer de novo através do sangue de Cristo, único meio da salvação, enquanto que o Ecumenismo procura congregar num "só rebanho" salvos e ímpios, como se nenhuma diferença houvesse entre ambos;

3. Insistimos no cumprimento da ordem missionária de Jesus Creisto, o que só será possível se virmos os homens com Cristo os viu, pecadores perdidos, sujeitos ao Inferno, não importando a que religião pertença;

4. Insistimos na unidade da Igreja invisível em torno de Jesus Cristo, mas sob a direção do Espírito Santo, independente do que os esforços e a política humana passam fazer;

5. Cremos que o Conselho Mundial de Igrejas e sua política ecumenista, estão sendo instrumentos de Satanás para levantar na terra a superigreja que dará suporte espiritual à carreira do Anticristo (a Besta) e seu Falso Profeta, após o arrebatamento da Igreja salva.


Informações tiradas do livro hereosiologia 1 da EETAD.


JEAN PATRIK 


Reações:

2 comentários:

  1. Paz! Seu trabalho é excelente!Sou cantora e acadêmica em teologia, permita-me levar seu comentário pra compartilhar com os colegas de classe, estamos fazendo um seminário sobre Ecumenismo, e foi muito bom passar por aqui.
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelos elogios irmã Barbara!

    Fique a vontade para pegar qualquer conteúdo.

    Jean Patrik

    ResponderExcluir

Esse Blog apóia Samuel Câmara

Esse Blog apóia Samuel Câmara
CGADB PARA TODOS